segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Somos iguais, porém diferentes

Muita coisa mudou desde a época de escravidão social e racial no Brasil.
No entanto, tal sentimento de inferioridade ainda percorre milhares de cabeças de pessoas sem que elas se dêem conta, um exemplo claro é a descriminação racial embora seja considerada ilegal, existe de forma muito grande de nossa população.
Infelizmente nossa atual sociedade é uma grande causadora de preconceito, sendo ele racial ou qualquer outro.
Na hora de empregar alguém, por exemplo, nas cotas das universidades ou então nas próprias leis.
Uma ideia é concreta e visível dentro da cabeça de muitos, só tem preconceito quem quer e quem é obrigado a conviver com pessoas preconceituosas. Crianças não nascem com preconceito, elas brincam com negros, brancos, indígena... Não importa, quem os fazem preconceituosas são os pais ou a própria sociedade em si.
Para que as pessoas tenham consciencia de que as diferenças existem sim, pois ninguém é igual ao outro, porem somos capazes de exercer qualquer tipo de trabalho, e que todos nós cidadãos somos iguais e temos valor.
NÃO GUARDE O RACISMO
JOGUE-O FORA!!!

Aluna: Isabela Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário